” Palavras aos amigos “

” Palavras aos amigos. “

 Vinde, amigos, ao Cristo, enquanto o dia
fulgura ao sol de doce primavera ! . . .
A multidão cansada vive à espera
da mensagem de paz e de alegria.

Vinde ao tronco robusto da verdade,
buscar-lhe a seiva dos celestes ramos,
cultivando na estrada em que marchamos
as flores da união e da amizade.

A terra é o campo dadivoso e lindo,
onde o trabalho é o dom consolador
e onde as mãos do divino semeador
continuam plantando e redimindo . . .

 Mas o excelso pastor que nos governa
pede concurso amigo que lhe estenda
a milagrosa e fúlgida oferenda
do amor que brilha para a vida eterna.

Vinde, pois, ao serviço em plena aurora ! . . .
Na alma do mundo, há treva e sofrimento,
reclamando o divino entendimento
da bondade que auxilia e aprimora.

 Trazei convosco o júbilo sublime
da ação que regenera e aperfeiçoa,
conduzindo a esperança humilde e boa
onde a amargura em lágrimas se exprime.

 Construir entendendo é o nosso lema
pela bondade generosa e franca . . .
A caridade é a mística alavanca
que eleva o mundo inteiro à paz suprema.

 Estendamos a fé que nos socorre
de alma feliz, esperançosa e crente ! . . .
No serviço do amor a toda gente,
Jesus, conosco é a luz que nunca morre.

 

ESPÍRITO : CARMEN CINIRA.
MÉDIUM : CHICO XAVIER. FRANCISCO DE PAULA CANDIDO XAVIER.

Comentários

Deixe seu comentário