PAINEL DO NATAL

PAINEL DO NATAL

Pelo Espírito Meimei.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Os Dois Maiores Amores. Lição nº 26. Página 101.

NATAL!… A paz se renova,

Ante o mundo a percebê-la,

A esperança em cada face

Tem o fulgor de uma estrela.

A luz da simplicidade

Envolve milhões de vidas,

As queixas e as desavenças

Passam a ser esquecidas.

Reúnem-se as criaturas

Sem farpas de divisão,

Acima do raciocínio,

Destaca-se o coração.

O adulto diz à criança:

– “Deus te guarde e te abençoe”,

Depois recorda, pensando

No tempo que já se foi.

As preces do mundo inteiro

Parecem flamas no ar,

Muitos pais abraçam filhos

Que chegam de volta ao lar…

Choram-se ausentes queridos

No amor que ninguém traduz,

Mas o pranto cai dos olhos

Lembrando gotas de luz.

Da casa estreita à mais ampla,

A alegria apareceu

Entrecortada de vozes

Cantando: “Jesus nasceu!…”

Companheiros vão às ruas,

Fazem o bem sem ruído,

Socorro surge a quem sofre,

Todo pão é repartido.

Em quase todo lugar,

Unem-se os passos e as mãos,

Legendas falam brilhando:

– “Nós todos somos irmãos…”

Natal!… E a fé sempre nova

Proclama, em alto louvor:

– “Jesus está construindo

O mundo pleno de amor!…”

Comentários

Deixe seu comentário