” Anotação da paz “

Atende ao próprio dever,

Não te digas incapaz

E, cumprida a obrigação,

Não peças fama ou cartaz.

 

Não exijas condições,

Procura o bem onde estás

Não vales pelo que tens,

Mas por tudo quanto dás.

 

Não penses mal de ninguém,

Cala a crítica mordaz,

Amparo, socorro e benção,

Podes ser por onde vás.

 

Olha o serviço a fazer,

Não naquilo que te apraz,

O melhor que se constrói

Vem do esforço pertinaz.

 

Age, edifica e prossegue;

Não te voltes para trás.

Trabalha e confia em Deus,

Se queres viver em paz.

 

ESPÍRITO : JAIR PRESENTE.

MÉDIUM : CHICO XAVIER. FRANCISCO DE PAULA CÂNDIDO XAVIER.

Comentários

Deixe seu comentário