DOAÇÃO ESQUECIDA

 

DOAÇÃO ESQUECIDA

Pelo Espírito Valérium.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Irmãos Unidos. Lição nº 06. Página 42.

O homem desencarnou suplicando a assistência de que necessitava…

Possuía fortuna…

Contava com amigos numerosos…

Desfrutava a máxima consideração social…

Apoiava-se em excelente grupo doméstico…

Entesourara primorosa cultura…

Experimentara terapias diversas…

Residia em confortável mansão…

Efetuara muitas viagens de recreio e de cura…

Movimentava largos cabedais de influência…

Entretanto, o pobre companheiro provocou a própria morte, pedindo socorro…

E tão só no mais além ficou registrado que o irmão menos feliz se rendera a semelhante violência contra si mesmo pela falta de coragem de ser como a vida lhe pedia que fosse e de aceitar as circunstâncias da existência que a Eterna Sabedoria lhe confiara para que realizasse, no mundo, o melhor que poderia fazer…

Amigo, em suas boas obras, inclua o donativo quase sempre esquecido da coragem, porque milhares de companheiros nossos na Terra aguardam, ansiosamente, o apoio da esperança, a fim de que possam aprender a trabalhar, lutar e viver…

Comentários

Deixe seu comentário